top of page

Jornada Cultural Lauro de Freitas

Jornada Cultural Lauro de Freitas

Naturalidade: João Pessoa-PB

Nascimento:11/04/1968

Atividades artístico-culturais: cantor, compositor e violinista.

Área de Atuação: Estado, Região, Cidade e Bairro

Email: contato@gmail.com

Telefone: (21) 9999999

Período de Realização: mês de janeiro

Número de edições realizadas: 2

Local de Realização: Centro de Referência da Cultura Afro-brasileira em Lauro de Freitas-BA

Organização: Secult (Secretaria de Cultura e Turismo de Lauro de Freitas – BA)


História

A primeira edição do evento foi realizada em 2017.


Já a segunda edição da Jornada Cultural de Lauro de Freitas foi realizada em 2019 e teve a temática “Novos Caminhos para a Cultura”.  O evento promove a divulgação de artistas locais independentes, bandas e grupos culturais para a valorização e reconhecimento da categoria no município.

Para Manoel dos Santos, secretário de Cultura e Turismo na oportunidade, a jornada é um espaço de mobilização que insere os produtores locais no desenvolvimento de Lauro de Freitas.


"A Jornada Cultural abrange os diversos territórios do município, assim como as múltiplas produções, seja na arte plástica, na dança, música, teatro e outros. Com o cadastro, a gestão municipal tem mais facilidade de acolher os artistas da terra", explica o gestor.


A primeira etapa de realização da jornada consiste em um cadastro com as informações principais para serem armazenadas em um banco de dados a partir desta documentação os artistas poderão ser selecionados para apresentações futuras em eventos culturais e populares.

Durante a 2a Jornada Cultural de Lauro de Freitas foram cadastrados 274 artistas.


Já a segunda etapa, contou com oficinas que abordaram técnicas e procedimentos para a elaboração de projetos culturais, o encerramento da jornada ocorreu com a cerimônia de certificação.


Fontes:

https://destaque1.com>lauro-de-freitas-ba

https://www.laurodefreitas.ba.gov.br

https://ifnews.com.br

http://bahiaja.com.br/

Sua musicalidade brasileira e suas interpretações arrojadas conquistaram, além de um público fiel, os elogios da crítica. Como intérprete, Erick trabalhou com os grupos Cesta Básica (PB), Mercedes Band (CE) e Grupo Etc e Tal (AL), já com os grupos Sine Qua Non (PB) e Zaraquê Trio (RN) gravou álbuns onde atuou também como compositor.

Galeria

Vídeos

bottom of page